28 de dez de 2009

Lançamento 2010

Bom, tinha falado em último post de 2009, mas não poderia deixar de divulgar em 1ª mão, com absoluta exclusividade e por que não dizer antes de todo mundo[?], o lançamento do CD do DJ Erich Soares, para quem não manjou, é ele mesmo nosso colega bolsista, o da Gaby, cunhado do Pedro.

Agora sim ao produto:

Trata-se de uma seleção com os melhores Zouks da atualidade; acervo e mixagem do próprio Erich.

Ótimo para quem vai curtir os bailes de final de ano renovar o playlist para a temporada 2010, com os melhores remixes da atualidade.

O nome do album é Flames. Você pode adquiri-lo entrando em contato com o DJ através do erich.phoenix@hotmail.com ou (11) 9477-9423

Se você também tem jabá fale conosco!

Lançamento

20 de dez de 2009

Rolou em 2009

Encerrada a agenda de 2009 da equipe, podemos, finalmente parar para relembrar os grandes momentos deste ano dedicado a memória de Ivan Ribeiro, e encerrado com o clááááááássssico dos clássicos, mais uma vez em Itupeva, jogo dos Cum Camisa contra os Sem Camisa(para a tristeza da torcida feminina).


Vieram mudanças, nos últimos 12 meses, apesar da divergência de letras iniciais Roberto Motta é o Senhor DB, os Novos Campeões do segundo campeonato Interacto de Dança foram curtir o legendario Costão do Santinho e por pouco não tivemos o I copa forró manchado com o sangue daquele infeliz individuo.


Entre todos estes momentos, especial destaque, para o baile de aniversário da Interacto, um dos mais bem sucedidos do ano. Além dos históricos oito anos de escola tivemos a inclusão do passarinho deficiente das asas, exemplo de que a dança realmente eleva a alma(Era essa a frase?!?!?!rs).


Para quem não soube, houveram algumas tentativas de retorno do Interactitude, aliás, nossos agradecimentos à garota Playracto, o material ficou muito bom, pena não podermos divulgar . E claro que não poderia deixar de dar os agradecimentos especiais a todos aqueles que contribuem com o projeto atual, Leila Correa(Nossa Blogger oficial), Diego Gomes e Celso Queiroz (Fotos e acervo), Mônica Baptista e Mariana Dids(Entrevistas) e este humilde colunista.


Não podemos deixar de parabenizar o nosso querido Jonas pela formatura, que aliás foi um dos pontos mais altos deste ano, com direito a coreografia, discurso e parabéns a você (?).


Um dos momentos mais memoráveis de 2009, veio no segundo semestre, com a visita ao Orfanato e o almoço de domingo da equipe com filme do Patch Adams, aliás, essa não foi a única sessão do ano, tivemos sessão de cinema com alguns drinks meio do mal, como não poderia deixar de ser e show de talentos com o comovente discurso "Direito ao foda-se", com o Severino que se revelou um dos grandes oradores da atual equipe.



Tivemos ainda a viagem para Campos do Jordão, o Show do Arleno Farias, na volta, viagem para Serra Negra, com direito a princípio de incêndio e tudo mais. Entre tantos outros eventos importantes, é bom lembrar que o ano não se resume a estes momentos todos, eles apenas são tão importantes, justamente, porque vale apena relembra-los e querer mais é claro.


Pois é, o ano acabou e ficam registrados os votos equipe Interactitude por um Feliz Natal, Ano novo, Carnaval, Páscoa, Aniversário, Corpus Christi, Independência, Dia das Crianças, Finados, Proclamação da República e Natal de novo.





Beijos e Abraços

Até 2010 gente!

15 de dez de 2009

Dançarinos da Alegria


A Interacto está promovendo a campanha – "Dançarinos da Alegria". Essa campanha tem o intuito de arrecadar brinquedos para serem doados a crianças carentes neste natal.

Na recepção está localizada uma caixa logo abaixo da árvore de Natal. Basta um brinquedo apenas para fazer uma criança sorrir. Por mais simples que seja o brinquedo, o que vale é a intenção de fazer do Natal de crianças carentes, um Feliz Natal.

Os brinquedos podem ser entregues até sábado (19/12) que é o último dia de aula da academia.


E ai pessoal, vamos contribuir?

1 de dez de 2009

Entrevista - Jonas Lopes



Nosso primeiro entrevistado do blog foi o mais novo instrutor da Interacto - Jonas Lopes.

Jonas fala sobre sua trajetória na dança de salão, expectativas com as carreiras de professor e dançarino, descarta a crise dos dois anos e meio, chegou a falar em da "Zuka que funcionava" e da que ela tem feito na equipe atual, e um pouco dos projetos pessoais e profissionais.


Int: Muito se falou em uma tal crise de desmotivação "dos dois anos e meio" você teve sua ascensão justamente após dois anos e meio, como você explica?

Jon: Sempre tive foco, busquei fazer algo ligado a dança. Confesso que entrei na Interacto achando que seria professor em seis meses, rs. Sempre quis ser professor, sou apaixonado pela dança. Busquei o meu objetivo sempre me dedicando ao máximo, e com isso fui crescendo.


Int: Como, quando e onde você se interessou pela Dança de Salão como uma possível profissão?


Jon: Comecei numa escola estadual - Zuleika de Barros Martins Ferreira - e desde lá eu já era um "bom bolsista", fazia todas as aulas possíveis e me dedicava ao máximo, absorvendo toda a informação que conseguisse. Daí me apaixonei.


Int: Já tinha tido outro contato com a Dança ?


Jon: Minha vida sempre teve dança, na minha família sempre levávamos a dança conosco, e quando pequeno acompanhava minha mãe nos bailes de samba-rock e nostalgia.


Int: Como você chegou finalmente chegou a Interacto?


Jon: Foi por indicação de uma amiga que fazia dança comigo lá no Zuleika, na verdade ela estava comentando que ia fazer a audição para bolsistas aqui, eu pesquisei na internet, acabei ligando no Jaime Campo Belo, continuei pesquisando até que consegui o telefone certo, liguei e vim para fazer a audição, onde passei e aqui estou até hoje.


Int: Você também teve aquela famosa primeira reunião com o Ivan? Qual foi a sua impressão?

Jon: Sim, também tive. E sinceramente depois dela quase não voltei!(risos) Confesso que foi a única vez que senti vontade de desistir, mas a vontade de voltar e provar o contrário de tudo que foi dito foi maior e então eu continuei firme. Essa reunião é a maior prova de resistência, eu acredito que depois que você tem coragem de voltar e encarar de frente todas as provações que te apresentaram o resto é fichinha.


Int: Como você se sente quando a "cúpula" te aponta como um "ponto de referência"?


Jon: Não gosto muito desta história de ponto de referência, acredito que cada um tem que ser seu próprio ponto de referência, seguindo seus princípios e respeitando seus limites.


Int: Você sente falta da equipe que estava aqui quando você chegou?


Jon: Sinto muita falta da equipe antiga! Era uma equipe forte, unida, tinha a Zuka presente, mas era uma Zuka que funcionava. Equipe que fazia acontecer, que sempre comparecia, nas viagens, nos bailes, nos eventos de equipe e tudo mais.


Int: O que falta para a equipe atual chegar novamente ao bom momento de anos atrás?


Jon: O que falta pra equipe atual é a chama de buscar, a vontade de crescer, a equipe está voltando a ter a mesma força e união de antes, mas ainda falta um pouco de espírito de equipe e integração e eu digo isso não só entre os bolsistas, mas entre a equipe como um todo (professores, bolsistas e funcionários), onde todos estão juntos, todo mundo misturado na mesma panela! Precisamos resgatar aquela gana de conquistar.

Int: Mudando um pouco de assunto, considerando que você dá aula de vários ritmos qual deles você apontaria como seu predileto?

Jon: Não tenho exatamente um ritmo preferido definido, fico entre a Salsa e o Samba, adoro estudar a dança em si, independente do ritmo. O que eu não gosto mesmo é de forró, eu falo desse forró tipo universitário, não gosto de dançar, mas é um dos que eu mais gosto de ensinar! Para dançar forró tem que ser um bem pauleira, daí eu gosto! (risos)


Int: O que você acha do trabalho de Personal Dancer, parece um bom segmento?

Jon: Eu particularmente não gosto de fazer personal e não o faço, não me agrada, me sinto preso, como se tivesse alguém que fosse meu dono, odeio fazer qualquer coisa e principalmente dançar obrigado. Não gostaria de viver de personal, mas a idéia de chás dançantes já me agrada um pouco mais, pois eu tenho a liberdade de dançar com mais de uma pessoa, me divertindo de formas diferentes!

Int: Como você se vê daqui a cinco anos?

Jon: Não me vejo daqui a cinco anos, exceto quando se trata da faculdade, onde estarei formado! Meu objetivo no momento é fazer o meu melhor aqui, mas sou muito inconstante, posso dar como exemplo que antes de entrar para a Interacto eu queria ser médico veterinário e estava me preparando para isso! Gosto de viver o presente e fazer com que seja o melhor possível!

Int: Você se interessa por outros caminhos da Educação Física?

Jon: Sim, tenho alguns projetos pessoais ligados à dança e a outros ramos de educação física, como por exemplo as aulas em escolas regulares, gosto desse tipo de aula.



15 de nov de 2009

Rolou em Serra Negra




FDS mais aguardado de Novembro, feriadão de dia de finados e.... e.... e rolou viagem da Interacto Academia de Danças. Destino Grand Hotel Serra Negra e Rovi. Como não poderia deixar de ser para começar bem,ele mesmo, Raimundo Fagner promoveu o atraso da ida, segundo dizem foi providenciar algumas guarnições, no entanto o mundo inteiro teve a mesma idéia aquele dia.
Bronca dada, a Professora Tatiane fez a chamadinha, deu seus recadinhos e lá fomos nós. Rumo Serra Negra no Fim de Semana mais ensolarado do ano. Além de toda expectativa gerada pelo evento, ninguém contava com uma bela aquisição da Interacto: Agora a academia conta com um dos coelhos da Duracell para animar eventos e viagens, Senhorita JussaraKa. Sr. Olair, o motorista, pegou a Fernão Dias e botou o motor para trabalhar em regime máximo, toda a potência do Nunes Bus, e lá fomos a incríveis 40 km por hora na rodovia, entre uma curva e outra, Tia Ju fez suas primeiras intervenções com a música do Grande Tim "Quando o inverno passaaaaaaaar...", pois é, Tia Ju não emplacou.No entanto emplacou com o sucesso de público e crítica"Se você está contente compre um TRIDENT" . Assim fomos curtindo esse clássico, durante 4 horas inesquecíveis com nossos novos amigos da colônia Luso-Oriental.
Chegando ao nosso destino feito o check in , todos acomodados...Um doce para quem advinhar,vamos lá, dou-lhe uma, dou-lhe duas, não ninguém?!
Roberto convocou reunião extraordinária, extraordinarissíma, eu diria, colocou toda a equipe a par do caminho não tão suave que os outros ônibus fizeram, passou a programação, as recomendações finais , e um desabafo emocionado. Todos devidamente produzidos, tivemos o muito bem servido Jantar dançante, com direito a já consagrada, e totalmente excelente roda dos aniversariantes.
Encerrado o jantar, eis que chegam, rigorosamente dentro do limite de velocidade, Ivan e sua troup. Daí rolou o luau com às tochas da Lilian, um pequeno foco de incêndio, piorado e depois combatido pelo Sgto Motta e claro que o melhor da música brasileira com voz e violão de Pedro Méssias.
Veio a madrugada com o bom e velho jogo de tabuleiro no quarto número 30, e depois piscina na alta madrugada, entre um mergulho e outro surge uma pergunta filosófica de importância fundamental para a dança de salão e para a vida: E o cavalheirismo ficou onde?! Aí está uma belíssima indagação feita pela bolsista Natalia Cristina, só mesmo ela para dizer com toda a convicção.
Naquele mesmo pique, chegamos ao café da manhã de domingo, com todo o ânimo que Deus deu à Jussara, muito bem servidos que fomos, decidimos curtir o dia na piscina, com pagode, cervejinha, bate papo, os agitos e o TERREMOTO, com DJ J.JR, Roberto, Alini e Jonas.
Segunda noite, depois de uma tarde de preparativos e mais produção, veio um o momento da viagem: o Grande Baile de Dia das Bruxas, com apresentação, animação e agitos de Roberto Kruger, rolou coreografia do Thriller, desfile de fantasias, e até Jonas cantando Claudia Leite. A temperatura literalmente subiu no salão e rolou baile até as tantas da madruga a todo vapor.
Pós baile, no quarto sessenta é claro, evidente e certo que rolaram as caipirinhas, drinks e um Toddy meio do mal, afinal o atraso da ida não poderia ser sem motivo, lá ficamos até as tantas da madrugada ouvindo as histórias do tempo em que Dondon jogava no Andaraí, na emocionante narração de J Junior, descobrimos, enfim um grande contador de histórias para as futuras viagens.
Encerrados os trabalhos etílicos, nada mais natural que ir curtir a pisicna às 4:00 da manhã, entretanto, fatos estranhos ocorreram, segundo a visão de um conhecido colocaram cercas na piscina durante a noite, convenceram o tal fulano de que não haviam cercas, até que não se sabe como ouviram o gato do Chapolin uivando, todos ficaram meio assombrados e decidiram ir embora da piscina.
Chegamos, então, ao último dia, com gincana, diga-se passagem que botaram Célião e Raimundo para correr mesmo ,e agitos, desta vez puxados pela Lilian, Diego, Raimundo e Jonas.
Depois de curtir mais um pouco o sol, chegou a hora de recolher o equipamento de som e se arrumar para ir embora.
Com um ou dois atrasos na hora de ir embora, pegamos o caminho para São Paulo e depois de toda a polêmica e manifestação, fizemos nossa última parada no Rancho da Pamonha.
No mais, para não quebrar a mística da ida soubemos que os outros ônibus fizeram um retorno não tão suave, mas conseguiram chegar a Capital depois de alguns dias.
Viagem mais show de bola dos últimos tempos, parabéns escola, equipe pela participação, e em especial Lilian que viabilizou o evento.

Até lá.

4 de nov de 2009

1º Post - Bem-Vindos!



Olá e bem-vindos ao Interactitude!


Este blog irá ajudar a integrar a equipe de bolsistas da Academia Interacto. Aqui você vai encontrar:

- notícias sobre eventos da equipe
- aniversáriantes do mês
- fotos
- dicas de dança
- melhores passos
- pérolas e as últimas fofocas...

Fiquem ligados!

abraços
Equipe Interactitude